15 Anos da Marcela

 

 

E ela fez XV! Minha profissão me trouxe a nobre missão de entrar na vida das pessoas em momentos muito muito muito especiais.

Enquanto organizadora/cerimonialista tenho vestido aquele camisolão da fada madrinha e sigo transformando ideias em uma festa profissional, com todas as demandas técnicas atendidas, muita magia e muito encanto no resultado. As decorações que faço são sonhos (dos clientes) que eu tenho o privilégio de desenhar.

Mas aí, chega a vez onde a cliente desaparece e, no lugar dela, é a minha filha que está lá. Uma deliciosa confusão de papéis já que eu também, de repente, sou a mãe da debutante.

Eu que sempre entrei na cena de tantas meninas e ela, a Marcela, que já participa da minha equipe como minha treinée amadinha, teríamos uma noite bem diferente.

Aí veio esse ano histórico, diferente e inesperado sacudindo tudo que já estava mais ou menos arrumadinho.

 

     

     

Planejávamos uma festa com todas as pessoas queridas de uma vida. Cenografia que nos ajudasse a levar a todos para o mundo de sonhos que a Marcela tinha elegido para seu aniversário. Atrações, pista linda onde todo mundo ia dançar muito, cantar muito, se abraçar muito. Mas…, como sempre falei, a festa tem alma própria e diz o que quer. A gente que tenha ouvidos para ouvir. Sendo assim, foi de um outro jeito. Um momento lindo, especial, num lugar mágico e com apenas o núcleo principal da família como mandam os atuais protocolos de segurança.

Marcela cresceu nos jardins da Villa Riso. Eu montando festas e ela por ali, juntinho. Engatinhou pela primeira vez na galeria de artes da casa e ensaiou os primeiros passos debaixo das palmeiras imperiais do jardim. Eu não tinha dúvidas que era lá, o chão perfeito para celebrar seus XV e assim foi.

Vou dizer que ela estava linda sem medo de parecer coruja porque as fotos estão aí. (risos) Make da Nilza Nohra que mais uma vez arrasou no penteado e maquiagem da minha debutante.

 

      

O(s)  vestido(s) foi(foram) assinado(s) pela querida, maravilhosa, poderosa, top da excelência e fofa Marie Lafayette, uma amiga que o mercado de festas me trouxe. As fotos falam por si só. Aliás, registro feito por Daud Pachá, um tudão da fotografia que me surpreende a cada trabalho não só pelo olhar artístico mas também pela incrível técnica de luz, sombras, linguagem e definição nos cliques. Não podia ser outro para fotografar o debut da minha própria filha.

Começamos com uma celebração na capela.

Das muitas coisas que existem no mundo, poucas são tão nobre quanto o sentimento e a expressão da gratidão. Foi especial estarmos todos com os corações unidos dizendo: – Aqui estamos nós para agradecer.

Para tanto, optei por uma decoração singela, sublime. Coloquei pequenos buquets de hortênsias e astromélias. A escolha das flores foi pensada para expressar exatamente o que significam.

A hortênsia branca representa a elevação espiritual, a pureza de sentimento.As astromélias rosa traduzem a alegria de ter amigos nos melhores momentos de nossas vidas.

 

     

     

Logo na chegada, recebemos todos no acesso à capela da propriedade com sucos geladinhos debaixo de um ombrelone poderoso (Mineirart).

 

Para celebrar o rito tão especial , convidei o Pastor Luiz Longuini.

 

     

Não lembro quando o conheci. Faz muito tempo. Tantas cerimônias juntos e posso falar como profissional que ele é diferente. Os anjos param para ouvi-lo. É um cara inspirado, leve, engraçado e ao mesmo tempo, com amplo mergulho na espiritualidade. Um amigão também.

Mas isso vocês vão ouvir o tempo todo neste post. Afinal, é o aniversário da minha filha e além de chamar os melhores para essa realização, tenho a alegria de chamá-los de amigos! (Nesta ordem! Na minha profissão, primeiro tem que ser muito bom no que faz para conquistar minha indicação e, se for amigo, é melhor ainda. Não coloco ninguém num trabalho só porque é meu amigo.)

Éramos apenas 20 pessoas. Um grupo muitíssimo reduzido. Uma comemoração pequena mas apenas em número de pessoas. Os detalhes foram inúmeros e vou contar tudo aqui.

A começar pelos protocolos de segurança.

Todos testamos em laboratório antes da festa. Ainda assim, as cadeiras da capela tinham assentos alternados e mais tarde no jantar, montei pequenas ilhas onde cada grupo de convívio sentou junto.

Conversei com a Marcela e apenas quatro amigas dela (as BBF) estavam presentes e também seguindo as regras.

Isso não tirou em nada o brilho deste dia.

Olha elas aí, fazendo as homenagens. Os textos mais divertidos da noite, sem dúvidas.

Apesar de estarem na idade dos excessos, elas são delicadas na hora das homenagens, se preocuparam em fazer o melhor. Foram inúmeros whatsapps que eu recebia enquanto preparavam o que diriam.

Que idade linda!

 

     

     

Foram muitos os momentos especiais da cerimônia. A entrega do anel de 15 anos, a benção, as palavras do Longuini sobre o “quintal de nossa casa”.

A cerimonia teve uma trilha sonora caprichada e cult.

George Harrison (My Sweet Lord), Jack Vidgen (O Happy Day!) e Rufus Wainwright (Halleluia). Tudo tocado pela violinista Renata Moza e acompanhado pelo DJ Taw.

Que dupla!

Ficou bacana demais e ajustou para menos o número de profissionais que seria maior se a orquestra inteira tivesse que ir.

Não faria sentido a ostentação de colocar tantos músicos quanto convidados (risos). Também não seria prudente. E ficou perfeito!

O resultado?

Exatamente, o que eu queria!

A sonoridade preencheu toda a capela e vou contar o que vocês verão depois no filme… todo mundo dançou!!!!!

Como disse Santo Agostinho, “Homem, aprenda a dançar ou os anjos não saberão o que fazer com você.”

Hora do Parabéns e todos foram para o jardim onde o bolo e o champagne já estavam preparados.

Na ideia inicial de festão, o tema seria as Mil e Uma Noites. Preservei um “spray” do assunto original para a criação do bolo, detalhes do mis en place e mesa de doces.

Olha essa lindeza que foi o bolo!!!

Trabalho lindo do Junior Saldanha e da Luiza (Do Glacê). Por dentro, massa de chocolate (a preferida da Marcela) + brigadeiro branco e preto. Loucuraaaaa!!!!

 

     

A turma aí toda levantando as taças e olhando pro céu é o drone da BV1 Produções sobrevoando a cena neste cenário de cair o queixo para registrar de um angulo privilegiado esse Parabéns que a gente cantou com força! Ah…se olhar direitinho, vai ver Júpiter já um tantinho iluminado à nordeste da Lua já chegando para a conjunção com Saturno que aconteceria uma semana depois.

Que presença ilustre! Obrigada, Universo!

Entramos!

A ideia inicial era fazer o jantar no jardim mas a previsão do tempo não estava lá essa certeza toda. Incorporei de novo a cerimonialista e bati o martelo em fazer a montagem interna.

Usamos uma parte, normalmente, privada da Villa Riso. Afinal, o salão principal seria muito grande para nós. Um salão cheio de história nos recebeu.

A ilha de delicias ficou logo ali, na chegada e vou pedir licença porque vou falar muito dela agora. Preparem as formigas que habitam o corpo de vocês para o desfile de fotos que passará agora e rezem para Nossa Senhora da Dieta salvá-los do pecado da gula.

Em um evento onde o número de convidados é pequeno, gosto de usar o recurso de composição. Nada de uma única mesa para os doces. Isso vale quando temos dois mil…três mil doces. Reunindo vários pequenos móveis e preenchendo diferentes níveis de altura, o resultado fica mais robusto e ganha expressividade.

Todo esse mobiliário fofo, veio da Portal do Oriente onde escolhi peça por peça. Beijos, Dodô! Você é nota 20!

Para seguir com a construção, era necessária uma coleção de objetos por onde desfilariam as delícias: bandejas, fruteiras, lanternas… A querida Ângela Leite, dona da Panos e Cores abriu todo o seu acervo para eu escolher o que quisesse. Eu não tenho palavras para vocês!!!!!!!!

Marcela nasceu em meio a festas, montagens, desmontagens e reuniões. Muitas vezes, amamentei recebendo noivas. A maioria dos meus fornecedores viram a Marcela na minha barriga e depois crescer, crescer e crescer. Todos vibraram com esse aniversário. Olhando aí a foto ao lado, dá para perceber que tinha doces para 200 convidados só que éramos 20. (risos)

Isso porque cada um mandou um pouquinho de gostosuras de presente. Os melhores confeiteiros do RJ se fizeram presentes. Sei que isso não se faz, que é maldade mas vou postar simmmmmmmm uma meia dúzia de fotos só para vocês curtirem o capricho.

 

     

     

     

 

Como dá para perceber, tudo lindo e de um cuidado com a identidade visual que vale as menções, por exemplo, do bem casado (Ilze Cunha) cuja embalagem remetia ao convite com a fita de crochê lembrando a trama árabe do convite e para ser usada como marcador de livro depois.

Detalhe, ela mora em Barra de Guaratiba e foram umas três reuniões discutindo ideias. A distância não existiu.

A rendinha comestível nos bolinhos de rolo (Elvira Bona) também com uma pegada árabe, as lâmpadas de Aladim e tapetes mágicos nos brigadeiros da Ana Foster.

As telinhas douradas milimetricamente aparadas nos docinhos espetaculares da Tânia que foi no meu escritório inúmeras vezes levando provas da personalização, conversando sobre a produção e afinando cada detalhezinho.

 

As balas carameladas embaladas com fitinhas douradas uma por uma e o Explosão (Frances), um dos doces favoritos da Marcela feito com biscoito, mashmellow, caramelo e doce de leite e finalizado com banho de chocolate. hummmm…

A Frances me ligou umas cinco vezes na véspera enquanto fazia os doces! Fora as mil conversas na semana da festa.

Que delícia. Quanto amor!

Como ela curtiu! Todos curtiram!

Lembrando que essas senhoras são creme de lacreme da confeitagem no RJ e não precisam de tantos contatos e conversas para entregar uma festa.

Mas nessa teeeeeeeveeeeeee porque foi curtido.

Não vou esquecer os alfajores (Diana Carolina), os primeiros a acabar na festa; os chocolates cheinhos de Nutella e os bombons que levam o meu nome – sim, existe um bombom da linha Gold da Armazém do Cacau chamado Flavia Cavaliere.

Suspirinhos recheados de brigadeiro e limão siciliano (Les Bisous) pintados em dourado e ouro velho para entrar no degradée e ainda as delícias Dos Barbozas, Segregos de B, Karlota Brigaderia, Olenka Brownies – os quais Marcela sempre fotografou como garota propaganda. Conforme cada um ia entrando e vendo esse “oásis” que prometia matar a “sede” de sabores maravilhosos, recebia também um kit preparado com total carinho: uma necessaire com máscara e álcool 70%, tudo na identidade visual do aniversário.

     

Lá dentro, mais colírio para os olhos. As mesas montadas com todo carinho para a Marcela e com a carinha do tema que ela sonhou. Um monte de lanternas douradas iluminavam-se e iluminavam as taças com fio dourado e detalhes em jato que refletiam os belos sousplats e outros elementos ali presentes.

Uns três dias antes da festa, um martelinho batia na minha cabeça.Eu queria um toque a mais e liguei para a Cia das Velas. Valeriaaaaaaaaaaaaaaaaaa…. preciso! Cinco minutos depois, desliguei com todas as lanternas garantidas. Ai, essas meus parceiros maravilhosos!

As flores lilás davam acabamento a paleta de cores. Graciosos buquets de agapantus, asteres e ela de novo, as hortênsias. Entraram também na mesa, os belos menus criados pela design Claudia Haddad (Papel a la Carte) e as plaquinhas com os nomes de cada convidado, afinal, era um jantar de lugares marcados .

     

As pequenas mesas se alternavam em tampos de espelho dourado e outras forradas em voal azul (Fiesta Toalhas) criando personalidade ao ambiente e dando aquela ênfase a paleta de cores onde o dourado reinou acompanhado do verde, azul e lilás.

Começa o desfile de gulodice das melhores capitaneado pelo Maria Luiza Buffet e olha só um pouquinho do que deu as caras por lá…

O coquetel foi todo servido empratadinho para que as entradas não circulassem no salão evitando a contaminação.

Cada pratinho vinha direto da cozinha para a frente do convidado.

Olha ela aí que eu fui buscar na cozinha para conseguir essa foto: Maria Luiza.

Por favor, não comentem meu cabelo suado que já era fim de festa e eu dancei muitoooooooooo. Aliás, impossível não estar feliz.

A alegria que já era muita no coração transbordou com a música da Rastropop representada na melhor pessoa e no melhor profissional : DJ Taw !!!!!!

Todo mundo dançou. Os 20 convidados. Sem exceção. Não teve nenhum cidadão na cadeira. Dançamos Tarantela, valsa, fizemos passinho, além é claro, daquele saladão que a gente ama.

Refrescando e dando aquele ânimo, a New Open Bar descendo o braço nos drinks. Fabio, beijos!!!!!

Peraí que tem que mostrar, né?!

 

   

     

 

Foi dia de comer muito, beber muito, comer doces e beber mais. Dançar muito e fazer muitos vídeos também no Spin 360 da Print a Pic. Gente, que coisa legal aquilo. Todos subiram. Até os nossos velhinhos.

E esse  aí do lado é o cara que acendeu a luz (risos).

Além de iluminar ainda chegou com dois geradores.

Eu falei no início deste post que a festa era pequena em número de convidados mas grande em detalhes. Deixei para falar aqui no final que também foi grande em dedicação e amor de todos os envolvidos.

Olha o clima da foto aí ao lado e vocês vão entender.

 

Festa é algo que acontece primeiro dentro da gente. É o coração que começa a marcar o som, a alma que começa a borbulhar como o champagne, os olhos que começam a brilhar iluminando tudo a nossa volta, o sorriso de quem tem a felicidade dando um baile dentro do peito. Aí o corpo começa a dançar e ela transborda, se materializa e vira essa coisa pulsante, linda e eternizada em fotos e filme.

 

 

Não existe outro caminho para ser festa.

Não importa se estamos sozinhos, a dois, em cem ou com os vinte que o momento permitia reunir.

Minha filha querida, os teus XV veio mais uma vez provar que uma festa quando feita num mergulho da alma dentro de seus próprios desejos traduz a essência mais pura do que, realmente, somos. Foi leve, foi intíma, foi amorosa e cheia de energias boas daqueles que te amam desde sempre.

Junte tudo isso ao álbum e ao filme. O tempo nos desafia a guardar a melhor parte no coração. Nós todos te amamos.

Parabéns!!! Feliz aniversário e nunca se esqueça do quintal da sua casa. Não importa quantos voos você der, o quintal da sua casa sempre estará te esperando com amor, colo e um bolo quentinho.

 

 

 

Mais um pouquinho do álbum de família:

     

       

9 Comentários
  • Zettel.
    Postado às 21:18h, 26 dezembro Responder

    Como sempre arrasando ! Obrigada pela noite maravilhosa que nos proporcionou.Tudo deslumbrante Marcela já estou sonhando com os 18anos. Sucesso e até breve.bjs

  • Hilma Pereira
    Postado às 21:59h, 26 dezembro Responder

    Lindíssima festa! Bom gosto em tudo . Você é sua princesinha estavam divinas! Parabéns, você é um espetáculo de profissional! Beijos mil

  • Fernanda zettel
    Postado às 22:31h, 26 dezembro Responder

    Lindo como sempre ! Tudo impecável, lindo, animado e principalmente delicioso!! Amamos acompanhar seu crescimento Marcelinha 🥰 parabéns para a mamãe que como sempre arrasou!!!

    • Jaqueline Barreto
      Postado às 04:33h, 27 dezembro Responder

      Tudo muito lindo. Parabéns!
      Felicidade sempre para a linda Marcela!
      Beijos

  • Frances
    Postado às 22:33h, 26 dezembro Responder

    Texto espetacular. !! Fotos maravilhosas!! Familia linda!! Tudo perfeito!! Emicionada!! Marcela mais que espetacular. Uma moça lindíssima e muito amada. Vc Flavinha linda e mais que feliz. Festa incrível. Amo vcs muiiito. TUDO ESPETACULAR!!

  • Fábio Bacelar
    Postado às 10:53h, 27 dezembro Responder

    Você e Marcelinha estavam lindas! A festa estava linda! Tudo incrível! Um privilégio fazer parte deste dia tão especial!

  • Elaine Albuquerque
    Postado às 12:46h, 27 dezembro Responder

    Que linda festa! Adorei cada detalhe mostrado nas fotos! Foi uma viagem só de ler esse lindo texto! Flávia sendo meticulosa como sempre! Parabéns a todos os envolvidos e, principalmente, à aniversariante.

  • Lucy Moza
    Postado às 13:31h, 27 dezembro Responder

    Tudo lindo e perfeito , como tudo que você faz .O melhor foi ouvir da Marcelinha que essa celebração foi exatamente como ela sempre desejou .Que tudo estava de acordo com o seu coração.

  • Jefferson Thomaz
    Postado às 09:21h, 29 dezembro Responder

    Que sonho! Para nós que nos sentimos Cerimoniale e vimos os fragmentos dessa evolução,
    nos trás de maneira compulsória e natural, a emoção e o carinho por essa querida e enfim, linda debutante!
    Parabéns Flavinha! Como sempre tudo está impecável, desde o molde de sua debutante a festa deslumbrante! Parabéns, Marcela!
    Você conseguiu ficar mais linda ainda!

Poste um comentário