15 Anos – Isabela

Recepção: Clube Naval Piraquê

 

E teve festão para essa menina linda, bailarina e que escolheu um tema incrível para seu aniversário de 15 Anos: “O Grande Gatsby”.

A cobertura oficial em fotos incríveis ficou com a querida Juliana Gueiros a quem agradeço pelo material que me mandou tão rapidinho e já estou postando aqui.

Obrigada também, Daud Pachá pelo registro da decor para meu arquivo pessoal.

Digo muitas vezes o quanto gosto de fazer festas de 15 Anos principalmente as que seguem um tema. O espaço para inovar, criar, desenvolver uma cenografia cheia de detalhes e roteirizar um espetáculo sempre único cheio de surpresas boas e euforia no volume que só os adolescentes alcançam é fascinante para mim.

Aqui foi um mergulho no glamour dos anos 20 americano.No momento da definição do tema já pensei em muitos cristais, dourações, rendas com brilho, pérolas…

 

 

Às vezes, um projeto tem um ponto de partida para o decorador, o organizador, que pode ser uma ilustração, uma peça de mobiliário, uma textura.

Outras, ele vem atropelando com múltiplas referências ao mesmo tempo.

Sim, a festa tem alma própria e ela fala comigo.

Deixo que ela se apresente.
Que fale.
Que dê o tom.

E antes que vocês pensem que a profissional aqui está ficando louca e falando com abstrações, quero definitivamente declarar que se não fosse assim, toda a produção teria a mesma cara, a minha.

O segredo de fazer de cada evento um acontecimento único é deixá-lo se apropriar do projeto.  Deixá-lo nascer com seu DNA próprio herdado das emoções que o cliente me traz, de ouvir seus anseios, das pesquisas que faço, da energia que vai chegando, das lembranças que a proposta me provoca acessando todo um acervo de experiências que já vivi.

Então, tudo vai ganhando forma dentro desta relação no plano da sensibilidade, com boas pitadas técnicas e conhecimento profissional.

É uma gestação. É arte. Portanto, tem alma.

Não tem como não ser assim.

Olhando esses flagrantes da chegada da Isabela no salão, tenho a certeza que a sensibilidade é o único caminho.

Comecei com um pequeno rascunho da planta baixa. Queria desenvolver  a arquitetura da cena para então definir os detalhes.

Alguns acontecimentos já estavam confirmados, o número de pessoas também.

Pronto. Fui desenhar onde cada coisa ia ganhar forma e como ficariam instaladas.

A partir daí, defini o mobiliário. Uma coleção de peças de estilo repleta de veludo .

Tudo na paleta de cores da logo do filme.

As mesas de convidados ganharam toalhas em chantung adamascado preto, cadeiras dior douradas e uma peça que mandei produzir especialmente para essa festa.

Grandes torres em velas e cristais sustentavam suntuosos arranjos florais.

Em duas versões, elas criaram um movimento no visual do setor.

 

Sobre o tampo, taças pretas combinavam com o menu de letras douradas e o guardanapo enfeitado com pérolas.

Bistrôs altos e baixos desfilaram por entre as mesas maiores acomodando grupos pequenos com meio a toalhas em renda com brilho, pequenos abajours e cachepots de época.

Para eles, cadeiras da aristocrática Nova Iorque dos anos 20 e banquetas medalhão.

 

 

A turma teen ganhou lounges enormes para acomodar a galerinha em grupos como eles gostam.

Mais uma vez, o veludo preto mandou na cena entre pufes, sofás curvos, retos e poltronas.

Sobre eles, almofadas em renda bordada em paetês dourados. Se não for para causar, nem escolha esse tema.

A mesa de doces…bem, a mesa de doces….essa foi minha queridinha da noite.

Queria não só um móvel mas um ambiente exclusivo. Então passei alguns dias esperando que o tal DNA aparecesse.

Não tenho pressa com o universo.
Ele tem ritmo próprio.

Entre uma órbita e outra, o mundo de cada evento se mostra para minhas lentes.

Resolvi criá-la com identidade visual própria, fundo próprio, piso próprio e ficou assim.

Uma síntese de todo o ambiente, papelarias desenvolvidas, material.

Eram muitos doces.
Uma loucura.

Alguns, eu e minha equipe de confeiteiros nota 1.000.000! desenvolvemos especialmente para essa festa.

Com desenhos da identidade visual, eles desfilaram ao lado de outras beldades da linha de doces que foi sucesso com todas as faixas etárias entre os convidados.

Um dia desses aí que antecederam a festa, a Silvia, mãe da Isabela me mandou uma foto daqui do blog onde aparecia esse gramofone aí, dizendo que adorou.

Ele já estava nos meus planos mas fiquei quietinha e fiz surpresa.

Para dar destaque, providenciei ainda o nome de nossa aniversariante para ficar ali juntinho.

Sua majestade,o bolo, um retrato em açúcar do convite recheado de doce de leite, ganache de chocolate branco e ovos estava de comer rezando.

Obra prima do Casal Garcia que entendeu direitinho o meu desenho e reproduziu desse jeito lindão!

.

 

.

 

Muitos metros de chocolates belgas com as mais diferentes pralinés, palhas italianas, doces portugueses, pettit verrés de brigadeiro de colher, doce de banana com merêngue e mousse de frutas vermelhas.

Para lacrar, bolinhos de rolo com rendinhas de açúcar, brownies com muito doce de leite e aqueles bem vividos para não quebrar a tradição.

Confere aí tudinho nos mais diferentes ângulos com aquela sofrência de quem vai sentir muita água na boca…

 

 

 

 

.

 

.

 

.

A festa também teve buffet japonês capitaneado pelo próprio buffet do clube e estações de pipoca gourmet e açaí.

Pipoca de beijinho, de Nutella, de Òreo, de leite ninho e de paçoca… Foi um sucesso com direito a bis bis e bis.

Afinal, porque provar um só sabor se tem tantos tão deliciosos.

Os carrinhos também ganharam roupagem do tema com direito a arte especial.

Uma delícia!!!!

Para combinar, uma máquina lambe lambe bem estilo retrô da Zoomfoto clicava a turma e entregava a foto na horinha para levar como recordação!

Uma lindeza e tudo a ver.

A Silvia fez questão de entrar na brincadeira comigo e meu staff e registrar esse cantinho muito fofo da festa com direito a painel de fundo e tudo.

E agora vou falar delaaaa…A pista de dança!!!! Porque essa belezura também merece um parágrafo.

Ficou simplesmente lindaaaaaaaa.

Convoquei o parceirão Alexandre Japiassú para montar esse chão de estrelas e cerquei de espaços lounges para a turma não precisar sair de onde pulsaria o coração da festa.

Preparei um painel de fundo que serviu de tela para as obras primas que compareceram nesta noite incrível.

No comando do som, o nosso DJ Lelo Cardoso (Rastropop) desceu o braço e sacudiu muito. Mas disso, eu falo daqui a pouco.

 

 


A festa começou às 21h30 em ponto com o meu staff fazendo o check in e os receptivos da Shake vestidos à caráter oferecendo balas e assunto para altas fotos logo na chegada.

Festa é assim… já tem que começar com astral lá em cima.

E foi assim que começou.

Isabela e sua família já chegaram com o sorriso aberto e cheios de vontade de ser feliz.

Flashes para cá, flashes para lá e muitos amigos queridos chegando sem parar.

É mesmo uma idade linda e deve ser comemorada.

Muito!

Aliás, Isabela brilhou em todos os momentos vestida pela estilista Marie Lafayette que também assinou os vestidos da mãe e da irmã da debutante.


Começam as “valsas” que apesar de manter o nome já deixaram de ser dançadas com composições de Strauss a muito tempo.

Agora, pai, avô, príncipe…todos dançam sucessos mais modernos.

Eu anunciei a Isabela oficialmente no salão, onde ela entrou linda ao som de “Always look at the bright side of life” e eu vi o pai dela cantar a letra todinha.

Um super momento, sem dúvida!

Logo em seguida foi a vez deles dançarem com direito a virada para a entrada da mamãe Silvia e da irmã Carolina.

Lindo de ver a alegria deles e a emoção de nossa aniversariante que chorou algumas vezes.

Esse foi também o momento que entregamos a aniversariante um buquet para presentear sua mãe.

Não preciso dizer o tantão de sentimentos ,né?!

 

 

 

Isabela dançou também com o avô,com a irmãzinha e com o amigo Gabriel.

Pausa para homenagem surpresa das amigas a ela, mais emoção e muitos abraços.

Ela trocou de vestido e voltou toda plena para a dança final com os amigos que arrasaram com o figurino Marsala (para as meninas) e o terno (dos meninos).

 

 

.
.

 

 

.


Cantamos parabéns e a pista abriu oficialmente com tudo.

Foi uma loucura.
Uma explosão.

Bastões de led encheram o visual junto com chuva de papéis picados dourados para dar ainda mais fòlego a empolgação que atingiu níveis blasters.

Robô de led, placas com frases legais e jatos de fumaça completaram o espetáculo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

Os pés cansados também foram lembrados desde os preparativos desse festão e entrou em cena a super Edna Lopez para produzir essas sandálias lindas.Sou super fã do trabalho dela.

As sandálias vem nessa sacolinha top e são diferenciadas porque não são estampadas por carimbo (silk).Recebem uma película que além de deixá-las com uma textura super confortáveis ainda faz durar muitoooooo.

Lá fora, uma UTI Móvel estacionada dentro do clube e contratada especialmente para a festa,  garantia a saúde de todos os convidados. A ordem era se divertir, comemorar e aproveitar tudo que esse festão oferecia.

Na saída, todo mundo levou bolo de pote da famosa confeiteira peruana Diana Carolina. Um red velvet maravilhoso, super personalizado também.

Para quem pensa que tudo se acabou ao apagar das luzes, vou contar uma coisa legal.Todas aquelas flores…e foram centenas de dúzias… foram para uma ação muito querida.


O que seria lixo, foi recolhido pelos voluntários da Flor Generosa, uma ONG com quem eu tenho parceria, e transformadas no finalzinho da madrugada em buquets para presentear idosos em casas de repouso no domingo pela manhã.

Olha aí eu, a Silvia, mãe da Isabela e a turma de voluntários da ONG que chegou ao término do evento para a recolha.

 


Isabela:

A vida é como uma festa. Tem momentos de preparação, momentos de fazer acontecer, algumas ansiedades, muitas alegrias.

Tem também momentos que as luzes se apagam para começar uma nova fase onde tudo pode e deve ser vivido de forma bem bacana.

Lembre-se que a razão de tudo sempre deve ser a felicidade.

Ter amigos, ter uma família .. tudo faz parte desse grande projeto de celebração e deve ser cultivado a cada dia com muito amor, paciência e investimentos.

Foi uma honra ser escolhida para fazer parte desta comemoração tão especial. Quero que nos encontremos muitas vezes.

Feliz debut , feliz fase nova, feliz juventude, feliz tudão!!!!!

 


Silvia, Cristiano:

Obrigada pela confiança.
Vou guardar nossa foto numa galeria muito especial.

Vocês são pessoas incríveis. Especiais mesmo. Deus escolheu vocês para ajudar duas lindas almas nesse mundo e, durante nossa convivência, tive a certeza que vocês estão se dedicando muito nisso. Receberão muita luz por serem pais tão dedicados.

Beijos


Você pode deixar seu comentário aqui sobre essa festa.

Clique aí embaixo e siga o passo a passo.











Sem comentários
  • Silvia Lacerda ( mãe da Isabela)
    Postado às 20:40h, 09 abril Responder

    Flavia querida,

    não tenho palavras para agradecer e descrever o prazer que foi fazer a festa com vc. Sua arte emociona. Primeiro, pela capacidade de transformar sonhos em realidades, com delicadeza, sensibilidade e bom gosto, com a firmeza e rapidez que só uma profissional competente e segura como vc é capaz. Sem contar na agilidade e alegria – diária e contagiante (cheia de emojis lindos e fofos enviados a cada mensagem) a que só quem convive com vc entende.
    Além de tudo, como se não bastasse, mesmo terminada a festa, nos presenteia com esse post lindo, registrando cada detalhe da festa para nos fazer reviver todos os momentos.
    Por fim, uma dedicatória linda para para mim e Cristiano e nossa Isabela, nos fazendo chorar �� de emoção!!! Que coisa mais linda!! Que alma iluminada!!
    Minha querida, nossa gratidao eterna a você e toda a a equipe incrível da Cerimoniale. Tenha certeza que foi a primeira de muitas!! Se Deus quiser! Com todo nosso carinho, Sílvia, Cristiano, Isa e Carol

Poste um comentário